Os rios canalizados da grande BH, os riscos das chuvas e as vantagens de morar em condomínios

Belo Horizonte é a capital mineira, carinhosamente conhecida como BH, o município tem um dos melhores níveis de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) entre as capitais brasileiras.

Porém, com o crescimento acelerado dos grandes centros urbanos, é comum que algumas adequações sejam feitas no meio natural. Muitos cursos d’água de Belo Horizonte por exemplo, que antes passavam pela cidade, foram canalizados para aumentar as vias de transporte e de loteamento. 

Muitas das vezes essas alterações ignoram as características naturais dos rios e dos córregos e toda a sua importância ambiental.

Cobertos por grandes avenidas, como a Prudente de Morais e a Silviano Brandão, muitos dos córregos que antes faziam parte do cenário belo-horizontino são lembrados pela população somente ao transbordarem.

Muitas pessoas nem mesmo têm conhecimento do fato de que por debaixo do asfalto correm cursos d’água, canalizados e ocultos aos olhos de todos. 

A cidade de Belo Horizonte foi projetada sem que se levasse em consideração a topografia e a hidrografia da região.

Seu trabalho tem como foco o período entre as décadas de 1950 e 1970, quando o automóvel cresceu em importância e o asfalto passou a ser visto como uma forma de embelezar as cidades.

Na época, o automóvel era o centro das políticas urbanas e as obras de canalização foram vistas como uma solução para os problemas de poluição d’água e de enchentes, além de melhorar o fluxo dos automóveis. 

Embora existam outras formas de lidar com a presença de rios no meio urbano, a estratégia utilizada em Belo Horizonte não foi um caso isolado, podendo ser percebida na Europa e nos Estados Unidos durante a década de 1920.

A escolha de canalizar os cursos d’água de Belo Horizonte deve ser vista como um caminho a ser evitado por outras cidades e em regiões da capital onde existem córregos e rios. 

Por que se mudar para condomínios próximos à capital mineira?

A capital de Minas Gerais é um lugar que proporciona excelente qualidade de vida aos seus habitantes. Isso fica ainda mais evidente nos melhores bairros de Belo Horizonte, que conseguem atender às mais diversas demandas relacionadas à moradia.

Porém, todos sabemos que Belo Horizonte está saturada com construções verticalizadas sem contudo uma adaptação para a questão do escoamento de água e esgoto compatível, o que foi possível observar as consequências recentemente, com as enchentes e deslizamentos causadas pelas chuvas.

Existe já a algum tempo um aumento de construções e consequente habitação, sem que na mesma medida tenha havido uma reforma na infraestrutura correspondente. Além disso, tem sido diminuídas as área verdes presentes. O traçado urbano não acompanha esse verticalização e os transtornos também de trânsito são inevitáveis. 

Gostaríamos então de destacar as oportunidades de moradia que estão tão perto de nós. Oportunidades viáveis e palpáveis, que é a busca por moradia em condomínios, que mais uma vez está em alta e aparece como uma estratégia que alia tranquilidade, proximidade com a natureza ainda preservada e infraestrutura, que juntas proporcionam conforto e segurança para os moradores. 

Continue a leitura e confira alguns dos motivos para você escolher trocar as  facilidades da capital pelo conforto, segurança e iguais acessos dos condomínios próximos da natureza que cercam Belo Horizonte!

1. Maior segurança 

Os rios são canalizados para dar espaço à urbanização e ao automóvel, mas as forças das águas ressurgem em dias de tempestades, como as dos últimos dias. Catástrofes poderiam ser evitadas, caso tivéssemos aprendido a conviver com nossos rios.

Diversos rios de Belo Horizonte transbordaram, entrando em casas, bares, arrastando carros. Esse stress ambiental que a ocupação humana gera vem de longe.

Em condomínios existem alguns fatores que potencializam bastante a segurança de todos os moradores com relação a esses problemas, quando se tem uma maior proximidade com a natureza, como ocorre em muitos condomínios presentes em Nova Lima, existe um maior nível de segurança e as chances dessas catástrofes acontecerem é bem menor.

Fora a entrada ser restrita, a vigia constante com porteiros e equipamentos de segurança, o que significaria que somente pessoas autorizadas poderiam entrar e utilizar dos espaços comuns, tudo isso trás uma sensação ainda maior de segurança.

2. Localização privilegiada

Outra vantagem escolher morar em condomínios em BH e sua região metropolitana está na localização dos condomínios, que normalmente é bastante privilegiada, com um contato bem maior com a natureza e uma infraestrutura completa e muito bem planejada e desenvolvida.

Apesar do ambiente calmo e mais afastado, os condomínios estão próximos de centros urbanos e áreas comerciais, que atendem às necessidades básicas dos moradores, facilitando a rotina de todos.

3. Proximidade com a natureza

Os moradores de condomínios nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, como Nova Lima por exemplo, também desfrutam de um clima ameno e de ambientes mais tranquilos.

Isso ocorre porque a região é arborizada, afinal, boa parte da cidade é cercada pela Mata do Jambreiro, pelo Parque Estadual Serra do Rola Moça e pelo Parque Ecológico Municipal Rego dos Carrapatos.

Sendo assim, quem mora em condomínios em Nova Lima tem a vantagem de contar com um clima mais fresco de uma cidade do interior, sem perder as características modernas de uma área urbanizada.

Clique aqui e entre em nosso site para conhecer os melhores imóveis disponíveis em condomínios completos e seguros para você e sua família!

Conclusão

“Um rio canalizado resolve um problema local, mas mais abaixo ele vai chegar com volume muito maior, daí as enchentes.”

-José Bueno / Urbanista e arquiteto, projeto Rios e Ruas.

Enquanto as cidades brasileiras insistirem em soluções que perpetuem as estruturas que canalizam e tampam córregos e ribeirões, o progresso em relação aos problemas trazidos pelas chuvas será limitado.

O fato de as cidades brasileiras terem muitos de seus rios e córregos cobertos e canalizados tem qual influência nas enchentes que vemos todo ano, quando há chuvas fortes?

A culpa é colocada na chuva, mas se trata na verdade de cheias de rios. Essas águas aparecem e sempre vão aparecer. Quando você canaliza e retifica um rio, ele vai correr com muito mais velocidade e volume. No curso natural, um rio normalmente desacelera. 

Um rio canalizado resolve um problema local, mas mais abaixo ele vai chegar com volume muito maior, daí as enchentes.

Esperamos que este conteúdo tenha aberto os seus olhos para essa situação e que você tenha gostado da sugestão para fugir de problemas ambientais causados pelas chuvas fortes e canalizações de rios e córregos nos grandes centro urbanos.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato conosco, estamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.

Grande abraço e até a próxima!

Região Centro-Sul de BH

Funcionários

A região Centro-Sul de Belo Horizonte é de fato uma referência histórica e uma dos mais antigos bairros de Belo Horizonte. O que o torna uma das mais valorizados da capital Mineira. Andar por ali é uma oportunidade de encontrar pessoas interessadas em desfrutar de um clima gostoso, aconchegante e moderno que só os Mineiros tem. Quem nunca encontrou um conhecido ou alguém que não vê a muito tempo. Passear por lá é mesmo uma maravilha, agora imagine morar lá e com qualidade de vida? Os grandes atrativos da região são: A facilidade de acesso ao centro, ruas arborizadas, alto padrão das construções residenciais, variedade do comércio local, diversidade cultural, alta gastronomia; gostaria de parar aqui para te deixar com água na boca com as verdadeiras delícias que os bares e restaurantes que compõem a rica vida noturna e diurna Mineira podem lhe proporcionar.

Deixo aqui uma boa opção para almoçar por lá:

Restaurante Dona Lucinha

Dona Lucinha
Rua Sergipe, 811 – Funcionários

História

O bairro foi criado em 1896 adivinha porque? Para que os funcionários públicos que vieram de Ouro Preto pudessem morar, visto que a nova capital Belo Horizonte deveria abrigar esses funcionários na nova sede do Governo Estadual. Faz sentido o nome do bairro agora não faz? E a região foi escolhida exatamente por ser próxima ao local de trabalho deles.

As casas foram construídas seguindo uma escala de A a F, que ia de acordo com o nível hierárquico de cada servidor.  Os imóveis de letra A eram destinados a funcionários de graduação mais baixa e os de letra F, moravam diretores e desembargadores. Outro diferencial de status hierárquico era a quantidade de janelas, quanto mais janelas uma casa exibia na sua fachada, maior era o cargo do funcionário que ali residia. A próxima vez que passar por lá, tire tempo para refletir nas casas antigas que ainda existem por lá.

Bom, atualmente as construções ficaram um pouco mais modernas não é verdade? Por isso você vai ver uma mistura dos casarões tradicionais com prédios modernos. Em uma próxima vez, vamos te recomendar mais lugares para que o seu paladar possa viajar junto com você.

Região Centro-Sul: um dos melhores locais para morar em Belo Horizonte

A região Centro-Sul de Belo Horizonte é uma das mais valorizadas da capital. É muito procurada pelas pessoas que desejam morar bem, com qualidade de vida. Os grandes atrativos da região são: a facilidade de acesso ao centro, ruas arborizadas, alto padrão das construções residenciais, variedade do comércio local, alta gastronomia, diversidade cultural e muitas opções lazer.

Funcionários

Criado em 1986, é um dos bairros mais tradicionais e charmosos da capital mineira. O bairro surgiu com o intuito abrigar os funcionários públicos que vieram de Ouro Preto, antiga sede do Governo Estadual. A região foi escolhido pela proximidade com o local de trabalho deles, a Praça da Liberdade.

As casas foram construídas seguindo uma escala de A a F, que ia de acordo com o nível hierárquico de cada servidor.  Os imóveis de letra A eram destinados a funcionários de graduação mais baixa e os de letra F, moravam diretores e desembargadores. Outro diferencial de status hierárquico era a quantidade de janelas, quanto mais janelas uma casa exibia na sua fachada, maior era o cargo do funcionário que ali residia.

Atualmente, as construções do bairro constituem uma mescla dos casarões tradicionais com prédios modernos. Sua ruas arborizadas tornam o clima do bairro muito agradável, ideal para quem procura qualidade de vida em meio a urbanização.

Lourdes

Um dos bairros mais luxuosos de Belo Horizonte, fundado na década de 30. O projeto urbanístico local tem como diferencial os grandes jardins que embelezam as fachadas dos prédios luxuosos e as calçadas das ruas mais largas.

Restaurantes que representam a alta gastronomia são encontrados com grande facilidade pelo bairro. As melhores lojas da capital mineira também estão por ali, grifes reconhecidas nacionalmente e internacionalmente fazem parte do roteiro sofisticado do comércio local.

Pontos turísticos também são o forte do bairro, um dos dos lugares mais visitados pelos turistas é a Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, inaugurada em 1923. Foi declarada basílica menor pelo Papa Pio XII em maio de 1958. A basílica tem um ar imponente, que chama atenção de todos que passam pela sua fachada e se deparam com sua torres góticas que se misturam com a paisagem local.

Savassi

Uma região muito importante de Belo Horizonte, que foi reconhecida como bairro em 2006. Sua história tem início na década de 30, quando o padeiro de origem italiana, Amílcare Savassi inaugurou sua padaria na Praça Diogo Vasconcelos. A padaria recebeu o nome de Savassi e logo a praça se tornou ponto de encontro de muitas pessoas, e começou a ser chamada popularmente de Praça da Savassi.

O bairro é um dos mais bem localizados da capital mineira e continua sendo um ponto de encontro famoso na cidade, com muitas opções de bares, restaurantes, pubs. Além do comércio super diversificado.

As residências seguem um alto padrão e chamam a atenção pela beleza estética arquitetônica.

A Alphasul disponibiliza para a venda os melhores imóveis da região centro-sul.