Os 13 principais pontos turísticos de Portugal

Pontos turísticos de PoVocê pensa em morar ou visitar Portugal?

Apesar de não ser um país tão grande, Portugal é bastante rico em belezas espalhadas por todo o país.

Cheio de locais perfeitos para fazer bons passeios turísticos, o país é repleto de riquezas culturais e paisagísticas que são de encher os olhos e o coração. 

Portugal está entre os países mais procurado pelos brasileiros que desejam morar fora.

Existem vários fatores que aproximam os brasileiros de Portugal.  Pode ser por sua ligação histórica, a procura por uma melhor qualidade de vida, a localização estratégica para visitar outros países europeus ou simplesmente as facilidades com o idioma.

O que não é para menos, são tantos pontos turísticas e paradas quase que obrigatórias por suas belezas e riquezas culturais, que fica mesmo difícil escolher para qual região ir, onde investir e o que visitar estando nesse país. 

Para tentar lhe ajudar a conhecer um pouco mais as riquezas de Portugal e lhe auxiliar nessa difícil escolha, separamos alguns dos principais pontos turísticos que consideramos imperdíveis.

Principais pontos turísticos de Portugal

Portugal é um país belo e acolhedor, com uma incrível culinária, uma cultura riquíssima e pontos turístico de belezas encantadoras.

Há muito o que aproveitar em Portugal, não é à toa o país ser conhecido como um dos principais destinos de viagem pela Europa. 

Portugal preserva suas tradições, sua arquitetura, o seu patrimônio histórico e também o moderno.

Confira nossa lista com os 13 principais pontos turísticos de Portugal e saiba um pouco mais sobre esse país e sua riqueza cultural.

1. Torre de Belém, em Lisboa 

A Torre de Belém em Lisboa é uma das maiores atrações turísticas de Portugal e é também um símbolo arquitetônico do país.

A Torre é uma das paradas obrigatórias para quem visita Lisboa, se trata de um ícone local e uma das Sete Maravilhas de Portugal. 

É um dos monumentos mais populares da capital Portuguesa, Lisboa. Considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, a Torre de Belém é, sem sombra de dúvidas, uma das paradas mais populares em Portugal.

Como edificação, é um belo exemplar da transição do estilo arquitetônico medieval ao estilo manuelino.

Como marco histórico, foi dali que partiram os grandes navegadores portugueses em busca de novas rotas marítimas.

2. Alfama, em Lisboa 

Alfama, diferente de outro ponto turísticos de Portugal, é um bairro, o mais antigo de Lisboa.

A região está cheia de escadinhas, becos e ruelas, onde portas bastante discretas podem esconder as melhores casas de fado do país (pelas quais o bairro também é reconhecido).

Um dos melhores passeios em Alfama, é se perder pelo labirinto do bairro, que lembra muito uma tradicional aldeia portuguesa com casas simpáticas, roupas balançando nos varais improvisados. 

Lisboa, que sofreu muito com um forte terremoto em 1755, foi bastante danificada o que fez com que fosse reconstruída, mas as casas do bairro de Alfama resistiram ao terremoto e ao tempo. 

Hoje em dia, as estreitas ruas de Alfama são famosas não apenas pelo antigo casario que resistiu ao tempo, mas pelos seus ótimos restaurantes, apresentações de fado, intensa vida noturna e vistas espetaculares de toda a cidade.

3. LX Factory, em Lisboa 

O LX Factory fica na região de Alcântara e se trata de um espaço aberto cheio de lojas, restaurantes, livrarias, bares, oficinas e uma agenda cultural que está sempre agitada e animada. 

Antigamente a região era um complexo industrial. Nos dias atuais, a estrutura do lugar foi mantida, mas o local se transformou em um espaço grande a céu aberto que ganhou muito charme e virou um ponto turístico da cidade.

Diversas empresas de design, artes e publicidades, além de lojas, restaurantes e livrarias se instalaram no local, que fica no bairro de Alcântara. Este é um dos bairro de Lisboa que está entre os mais antigos da cidade.

Além das lojas e empresas, a LX Factory conta com uma programação cultural bastante intensa.

Não há dúvidas de que você vai esbarrar com alguma exposição, apresentação musical ou qualquer outra demonstração artística pelas ruas da antiga área industrial.

4. Palácio Nacional de Mafra, em Lisboa

Quem tem o interesse voltado para a cultura, vai encontrar no Palácio Nacional de Mafra um edifício magnífico que é cheio de história e sua existência só é possível graças ao ouro do Brasil. 

Grandes artistas portugueses e italianos, entre escultores e pintores assinam a maioria das obras do Palácio.

Considerado o mais importante monumento Barroco em Portugal, o palácio é uma verdadeira obra de arte da arquitetura Portuguesa.

5. Palácio Nacional da Pena, em Sintra

O Palácio da Pena ergue-se sobre uma rocha escarpada, que é o segundo ponto mais alto da Serra de Sintra.

O Palácio localiza-se na zona oriental do Parque da Pena, que é necessário percorrer para se chegar à íngreme rampa que o Barão de Eschwege construiu para se aceder à edificação acastelada. 

O Palácio propriamente dito é constituído por duas alas: o antigo convento manuelino da Ordem de São Jerónimo e a ala edificada no século XIX por D. Fernando II. 

Estas alas estão rodeadas por uma terceira estrutura arquitetónica, em que se fantasia um imaginário castelo de caminhos de ronda com merlões e ameias, torres de vigia, um túnel de acesso e até uma ponte levadiça.

O Palácio da Pena foi classificado como Monumento Nacional em 1910 e integra-se na Paisagem Cultural de Sintra, classificada pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1995.

Se trata de uma linda parada para quem está visitando a região, que vale muito a pena conhecer.

6. Azenhas do Mar e Cabo da Roca, em Sintra 

Com seus belos palácios e castelos, Sintra é o principal destino dos arredores de Lisboa.

Depois de conhecer o rico patrimônio arquitetônico e cultural da cidade, vale seguir em direção ao litoral para conhecer dois pontos turísticos singulares: o povoado de Azenhas do Mar e o Cabo da Roca.

Azenhas do Mar forma um cenário encantador e muito fotografado por todos os turistas que passam pelo lugar.

Neste local várias casinhas brancas de telhados vermelhos foram erguidas na beira de uma falésia que segue direto em direção ao mar. 

Entre as encostas rochosas, há uma praia bem pequena, delimitada por uma piscina de água do mar. O povoado ganhou esse nome pois ali existiam moinhos movidos a água.

A partir de Azenhas do Mar, ao seguir no sentido sul por uma estrada de 13 km, chega-se ao Cabo da Roca.

Se trata de um enorme paredão rochoso que avança sobre o mar a 140 metros de altura, sendo o ponto mais ocidental de Portugal e também da Europa. Como afirmou Luís de Camões, é “onde a terra se acaba e começa o mar”.

Se tratam de regiões que atraem muitos visitantes em busca de belas paisagens naturais.

7. Castelo de Óbidos, em Leiria

Uma das maravilhas de Portugal e da Europa, é de poder visitar lugares que mais parecem ter saído de contos de fadas.

Se você procura cenários como esse, então vá até o Castelo de Óbidos em Leiria, a 80 quilômetros de Lisboa.

Também considerado uma das sete maravilhas de Portugal, o Castelo de Óbidos está localizado na vila batizada com o mesmo nome. O castelo é um dos maiores e mais conservados de Portugal.

Se trata de um verdadeiro símbolo histórico de Portugal, ele está totalmente restaurado atualmente, sendo este um dos mais belos castelos em atividade.

O Castelo de Óbidos encontra-se sobre um penhasco à beira de um extenso areal, que ainda recentemente as águas do mar acabaram por cobrir.

Óbidos pode hoje orgulhar-se do interesse que muitos portugueses e turistas mostram ter pelo Castelo e pela região. 

8. Universidade de Coimbra, em Coimbra

A Universidade de Coimbra é a mais antiga do país e é um dos pontos turísticos que você tem que visitar em Portugal. Se trata de uma das universidades mais prestigiadas do país e tem mais de 700 anos.

A universidade se divide em oito faculdades, oferecendo diferentes graus acadêmicos como arquitetura, educação, medicina, direito, ciências sociais e humanas. A Universidade de Coimbra é um dos pontos turísticos mais legais da cidade.

O Paço das Escolas, onde fica o edifício histórico da Universidade é simplesmente simplesmente incrível, de tirar o fôlego.

Não deixe de visitar também a biblioteca joanina. Tente visitar durante a semana, para ver o movimento animado, já que esta é uma cidade repletas de estudantes. 

9. Museu Vista Alegre, em Ílhavo

No caminho para a cidade do Porto, faça uma parada em Ílhavo, ao lado de Aveiro. Foi em Ílhavo que a tradição da porcelana Vista Alegre começou, no século XIX.

Esse é um ponto turístico ainda pouco conhecido pelos visitantes do país, mas vale muito a pena visitar a fábrica de porcelanas mais antiga da península Ibérica, o Museu Vista Alegre.

Fundada em 1824, a Fábrica de Porcelana da Vista Alegre é reconhecida internacionalmente pela qualidade e excelência da sua produção de peças de porcelana.

Engloba um conjunto patrimonial e industrial único, onde poderá visitar, além do Museu, a Oficina de Pintura Manual da Fábrica, a Capela, as Lojas e o Bairro Operário. 

Até hoje a Vista Alegre é uma das marcas mais conceituadas do país e com pessoas que admiram por todo o mundo. A nossa dica é comprar seus souvenirs de Portugal por aqui, para aproveitar os preços das peças únicas de fábrica.

10. Palácio da Bolsa, em Porto

Um dos pontos turísticos de Portugal mais visitados é o magnífico Palácio da Bolsa. O Palácio da Bolsa é um palácio localizado na cidade do Porto.

Construído no século XVIII para ser sede da Câmara de Comércio e Indústria do Porto, é também denominado de Palácio da Associação Comercial do Porto. 

O local onde foi construído o Palácio da Bolsa era um antigo convento português e foi edificado entre os anos de 1842 a 1910. E hoje é um símbolo cultural do Porto, recebendo em média 200 mil visitantes por ano.

Está localizado no centro comercial da cidade velha do Porto. É um dos pontos turísticos mais importantes de Porto, assim como a Torre de Belém é um dos principais de Lisboa, ambos em Portugal.

11. Capela dos Ossos, em Évora

Mais um dos pontos turísticos de Portugal mais conhecidos, é a Capela dos Ossos, em Évora.

E não é à toa, pois se trata de um local bastante inusitado, para alguns arrepiante, já que não tem um milímetro de parede sem ossos humanos verdadeiros.

A Capela dos Ossos foi edificada no século XVII por iniciativa de três frades franciscanos cujo objetivo era transmitir a mensagem da transitoriedade e fragilidade da vida humana.

Esta mensagem é claramente passada aos visitantes logo à entrada, através do aviso: “Nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos”.

Além da Capela dos Ossos, essa cidade Alentejana é conhecida por ter um monumento histórico a cada esquina.

Não deixe de conhecer e entrar na gótica Sé de Évora e no imperdível Templo de Diana. Um importante vestígio da ocupação Romana, o templo fica bem no centro da cidade e foi classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

12. Ponta da Piedade, em Algarve

Os penhascos da pequena península de Ponta da Piedade são uma das mais lindas características naturais de Algarve.

O sul de Portugal tem algumas das paisagens mais lindas de todo o país, com o clima convidativo o ano inteiro, praias, construções antigas e vistas de tirar o fôlego.

A Ponta da Piedade é um dos principais pontos turísticos do Algarve e é considerada uma das melhores de Portugal.

Suas características fazem com que ela seja diferente de todas as demais e única, chamando a atenção de todos os visitantes, se trata de um local que vale muito a pena visitar.

13. Sagres, em Algarve 

Sagres fica na Vila do Bispo, no Algarve. Se trata do lugar onde o Oceano atlântico se transforma em Mar Mediterrâneo, tem uma das mais belas paisagens de Portugal. 

Sagres foi  muito importante para os navegadores portugueses, pois ali termina a terra firme e começa a grande imensidão do Oceano. 

Visite o Farol e a Fortaleza de Sagres e faça uma viagem no tempo. Até hoje a vila e as praias permanecem simples e naturais, bem diferente do resto da região turística de Algarve.

O que também significa que a estrutura não é muita, mas vale a pena conhecer a Praia do Beliche e a Praia da Cordoama.

Planeje sua viagem

Se está pensando em se mudar ou até mesmo ir a passeio para Portugal, o primeiro passo é definir suas metas, seus objetivos e elaborar um bom planejamento para sua viagem. 

Desenvolva um passo a passo com tudo que você precisa saber e fazer para realizar uma viagem sem dores de cabeça, além de um bom roteiro turístico como esse que indicamos acima.

Busque informações sobre o que é preciso ser feito ainda no Brasil, como quais documentações necessárias, vistos, burocracias e demais critérios para entrar no país com tranquilidade, independentemente do tempo que lá permaneça.

Informação é tudo

Para realizar esse planejamento, é muito importante estar muito bem informado, saber todos os requisitos necessários para começar a viver em Portugal e como correr atrás de tudo que é preciso.

A melhor forma de se informar é procurando a ajuda de profissionais capacitados, que possuem experiência e que já entendem bem do assunto.

Se deseja conhecer belíssimas opções de imóveis de luxo disponíveis em Portugal e saber um pouco mais sobre o que deve ser feito para realizar a mudança de forma tranquila, clique aqui para entrar em contato conosco!

Conclusão

Agora que você já conhece um pouco mais a história dos mais belos pontos turísticos de Portugal, está na hora de colocar a mão na massa, pesquisar e correr atrás de todos os documentos e informações necessárias para realizar uma mudança tranquila e bem organizada.

Esperamos que o conteúdo tenha sido útil, não apenas para conhecer melhor o que o país tem a oferecer, mas também para tomar a decisão mais acertada acerca de para qual região do país deseja  ir.

Conte com a nossa ajuda para esclarecer qualquer dúvida que tenha permanecido ou para falar com um de nossos corretores e conhecer ótimos imóveis de luxo disponíveis em Portugal.

Grande abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *